Pgina Principal

 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

Estilo atual: Padrão

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

 

    O Conselho de Administração (CONAD) do Hospital Universitário é um órgão normativo, deliberativo e consultivo em matéria de ensino, pesquisa e extensão, das suas instâncias administrativas e de política hospitalar.


    O CONAD é constituído dos seguintes membros:

 

  • Diretor Geral do Hospital Universitário, como Presidente;
  • Diretor do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde;
  • Dois representantes dos técnicos Administrativos lotados no HU e não ocupantes de função gratificada, escolhidos por processo eleitoral;
  • Um representante discente dos Cursos de Medicina, Odontologia, Fisioterapia, Fonoaudiologia e Enfermagem indicados pelos respectivos Centros Acadêmicos, escolhidos por processo eleitoral;
  • Diretores Administrativo, Clínico, de Ensino e Pesquisa e Diretoria Técnica;
  • Um representante dos médicos residentes e/ou multiprofissional, indicado através de eleição;
  • Um representante dos usuários do Conselho Municipal de Saúde de Aracaju;
  • Chefes dos Departamentos de Medicina, Enfermagem, Fonoaudiologia, Fisioterapia e Odontologia.

   

    Ao CONAD compete:

 

  1. definir a política hospitalar, consideradas as diretrizes emanadas da administração superior da universidade;
  2. propor medidas que visem à melhoria técnica e/ou administrativa do hospital universitário, ouvidos os órgãos competentes;
  3. apreciar e compatibilizar os projetos de ensino, pesquisa e extensão que se pretende realizar no hospital universitário, verificando sua exeqüibilidade face às prioridades programáticas, as disponibilidades de recursos e suas implicações sobre os custos hospitalares;
  4. avaliar projetos de pesquisa, submetidos e aprovados pela Comissão de Bioética, que se relacionam com a eficiência do Hospital Universitário;
  5. aprovar o Plano Anual de Trabalho;
  6. aprovar anualmente, a proposta orçamentária apresentada pela Direção Geral, a ser encaminhada à Reitoria;
  7. aprovar as prestações de contas mensais, e  o Relatório anual das atividades do Hospital Universitário;
  8. aprovar normas e rotinas  encaminhadas pelas diversas unidades à Direção Geral;
  9. julgar os recursos contra atos dos diretores;
  10. apurar responsabilidade de discentes, docentes e técnicos, em caso de infringência de preceito regimental e encaminhar ao reitor, a respectiva conclusão;
  11. aprovar, no que lhe compete, as solicitações de recursos adicionais, bem como a aplicação destes;
  12. exercer outras atribuições que lhes sejam reservadas em lei, no Estatuto e no Regimento Geral da Universidade ou neste regimento interno, e,
  13. aprovar as alterações do presente regimento.

 

qua, 26/10/2011 - 12:30